O que é infertilidade ?

Considera-se um casal infértil, aquele que pratica relações sexuais freqüentes sem o uso de métodos anti-concepcionais e que não obtém gravidez após um ano de tentativa. É importante alertar que, após este período, o casal deve procurar a orientação de um especialista em Reprodução Humana Assistida.

Dizemos que a infertilidade é primária quando o casal nunca teve filhos e secundária quando o casal já teve filhos no passado, ou num outro relacionamento.

Aproximadamente 20% dos casais em geral, têm algum problema de infertilidade e que são agravados pela idade, estilo de vida, poluição ambiental, uso de drogas, etc.

Nos casos em que a mulher tiver mais do que 35 anos, é aconselhável que esta procura ocorra após 6 meses de tentativas sem sucesso.

O que é devo fazer ?

Se você tem atividade sexual regular há mais de 1 ano, sem nenhum método anticoncepcional (pílulas, DIU, camisinha, etc.) e nada de gravidez... Essa deve ser a hora certa de procurar um especialista em Reprodução Humana!

Porém, se ainda não se passou um ano, uma boa estratégia é planejar a relação sexual para os dias de ovulação da mulher, usando a temperatura basal como indicativo do período fértil, aumentando assim as chances de ocorrer a gravidez.

Alguns Fatos


É um mito pensar que a infertilidade é sempre um problema feminino. Aproximadamente a metade de todos os casos (40 a 50%), o problema está relacionado com o aparelho reprodutor masculino.

Em 20% dos casos o fator de infertilidade é misto (masculino e feminino) e nos 10% restantes, não há motivo aparente para a infertilidade.

Como uma das grandes causas da infertilidade são as Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST), é muito importante o uso do preservativo (camisinha) quando você ainda não pretende ter filhos, evitando assim problemas futuros de dificuldade para engravidar.

É importante frizar também que, na mulher há um decréscimo evidente das chances de gravidez com o passar dos anos (após os 37 anos), pois ela já nasce com um número predeterminado de folículos nos seus ovários, os quais serão utilizados mensalmente durante toda sua vida reprodutiva.

Infertilidade Masculina

Infertilidade Masculina

A produção de espermatozóides

-Os espermatozóides são originados nos testículos a partir de células chamadas de Sertoli.

- no início do ciclo de vida do espermatozóide, a ação de hormônios desenvolvem sua cabeça e sua cauda.

- os espermatozóides saem então das células de Sertoli para o epidídimo, localizado atrás e junto dos testículos.

- por três semanas, os espermatozóides "viajam" pelo epidídimo num fluído energético que contém frutose. Durante este trajeto, eles se desenvolvem e adquirem a habilidade de nadar e de se mover.

- um espermatozóide maduro possui na sua cabeça o DNA do homem - o material genético - e uma cauda que se move ligeiramente de um lado para o outro, projetando-o para frente.

O que causa infertilidade ?

Deficiência na secreção ou excreção dos espermatozóides - as infecções e doenças genéticas (como a microdeleção do cromossoma Y e a síndrome de Klinefelter) podem causar uma diminuição importante na quantidade e qualidade espermática. A vasectomia e a ausência do ducto deferente (condição genética) impedem a exteriorização dos espermatozóides.

Varicocele - são as varizes da bolsa escrotal que levam a um aumento da temperatura testicular, prejudicando seu perfeito funcionamento.

Anomalias de descida dos testículos (criptorquidia) - os testículos que normalmente descem para a bolsa escrotal após o nascimento, não fazem esta descida, permanecendo no canal inguinal (virilha) ou na cavidade abdominal.

Infecções Da próstata e das vesículas seminais Uso de drogas - maconha , cocaína, álcool e fumo em demasia.

Infertilidade Feminina

Infertilidade Feminina

Como ocorre a fertilização de um óvulo ?

O óvulo é naturalmente fertilizado pelo espermatozóide na trompa e em seguida, o embrião formado desta união "navega" por ela em direção ao útero, aonde irá se implantar.


O que causa infertilidade ?


A maioria dos casos de infertilidade resultam de problemas físicos no aparelho reprodutor do homem ou da mulher.

Na mulher, as maiores causas de infertilidade são:


Doenças inflamatórias pélvicas - que podem levar a aderências e obstrução das trompas.

Síndrome dos ovários policísticos - seus sintomas mais freqüentes são: obesidade, atrasos menstruais, hirsutismo (aumento na quantidade e espessura dos pelos), acne e infertilidade por anovulação.

Endometriose - é uma condição na qual se observam implantes das células normalmente encontradas revestindo internamente a cavidade uterina (endométrio), em outros órgãos como os ovários, as trompas e o peritoneo.

Problemas imunológicos - formação de anticorpos anti-espermatozóides ou fatores imunológicos que impedem a implantação embrionária, são fontes de estudos muito intensos na atualidade.

Miomas ou fibromas uterinos - os quais dificultam ou impedem a implantação do embrião.




Cadastre-se

Fique por dentro das novidades no campo da medicina.